ES- Tiros, morte e correria no bairro São Torquato, em Vila Velha

Webnode
30-01-2012 23:06

Magno Gatti Parente, 18 anos, foi atingido por vários tiros disparados por pessoas não identificadas que passavam pelo local em um Corsa branco

foto: Marcos Fernandez - NA
Corpo de Magno Gatti Parente, 18, assassinado a tiros no bairro São Torquato, em Vila Velha. Foto: Marcos Fernandez - NA
Corpo de Magno Gatti Parente, 18, assassinado a tiros no bairro São Torquato, em Vila Velha



Tiroteio, morte e correria em pleno horário de pico, causaram medo e apreensão em moradores e comerciantes de São Torquato, em Vila Velha. Foi no final da tarde desta segunda-feira (30), quando Magno Gatti Parente, 18 anos, foi atingido por vários tiros disparados por pessoas não identificadas que passavam pelo local em um Corsa branco.

Segundo testemunhas contaram aos policiais que atenderam à ocorrência, o rapaz descia de um ônibus da linha 506 na praça principal do bairro, por onde passam as principais linhas de ônibus, quando disparos saíram de um carro branco que esperava próximo do ponto.

Elas contaram ainda que o rapaz chegou a correr, mas não conseguiu escapar e caiu morto próximo a um bar. Segundo levantamento feito pelos policiais na cena do crime, Magno tinha passagens anteriores por tráfico e porte ilegal de armas, quando ainda tinha 16 anos.

Pelo menos um disparo atingiu o ônibus de onde o rapaz saltou e estilhaçou um dos vidros, assustando os passageiros e provocando pânico dentro do veículo. Um dos passageiros, identificado como Osias Moreira da Silva, 53 anos, ficou ferido com os estilhaços e foi socorrido por pessoas que passavam pelo local. A polícia não soube dizer para onde o homem foi encaminhado.

Parentes de Magno estiveram no local, mas não quiseram conversar com a reportagem. Ninguém soube explicar a motivação do crime. A Polícia, no entanto, suspeita de ligação com o tráfico.

Fonte: GAZETAONLINE.COM.BR

 

Voltar
Webnode